Vendas de veículos crescem 10% até novembro

Tags:

E média diária no mês passa das 10,3 mil, melhor resultado desde abril de 2015

As vendas de veículos leves cresceram 10% no acumulado de janeiro a novembro na comparação com mesmo período do ano passado ao atingir pouco mais de 1,96 milhão de unidades, entre automóveis e comerciais leves. Os números foram divulgados na sexta-feira, 1º, pela Fenabrave, entidade que reúne as concessionárias no País. Novembro encerrou com aumento de 13,6% sobre igual mês de 2016, passando de 173,5 mil para 197,2 mil veículos emplacados. O volume também significou leve alta de 0,4% na comparação com o último outubro, quando 196,6 mil veículos novos entraram no mercado.

Com este volume, a média diária de novembro ultrapassou a barreira das 10,3 mil unidades, o que não se via desde abril de 2015. A soma dos dois fatores: menor número de dias úteis e o bom desempenho ao longo do mês explica a melhor média diária do ano: novembro teve apenas 19 dias úteis, por ser um mês com três feriados, sendo dois prolongados, considerando que boa parte do País celebrou o dia da Consciência Negra.

Em termos comparativos, a média diária de novembro foi 11% superior na comparação com outubro, quando foram emplacados 9,3 mil unidades em cada um de seus 21 dias úteis. Sobre a média de novembro do ano passado, o aumento é de 19,6%.

Para o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, o resultado de novembro consolida a recuperação do setor: “A alta nos índices de confiança e a contínua queda na inadimplência, que registrou o menor índice desde 2011, fez com que o comprador voltasse às concessionárias. O aumento da oferta de crédito também tem impulsionado o crescimento do mercado neste momento e incentivado o cliente a efetivar sua compra”, afirma em nota o dirigente.

SEGMENTOS

Os automóveis continuam a puxar para cima o resultado total do setor: no acumulado dos 11 meses do ano, atingiram aumento de 10,9% na comparação com mesmo período de 2016, registrando 1,68 milhão de unidades. Em novembro, com 168,8 mil emplacamentos, houve crescimento de 1,23 sobre outubro e de 13,5% sobre novembro de 2016.

Já nos comerciais leves, embora o segmento registre alta das vendas de 5,3% entre janeiro e novembro sobre iguais meses do ano passado, para 283,5 mil unidades, em novembro os emplacamentos foram 4,7% menores que os de outubro, ao atingirem as 28,3 mil unidades. No entanto, na comparação com novembro do ano passado, o resultado é positivo em 14%.

Fonte: Automotive Business – SUELI REIS

apqpcom