Vendas de veículos leves confirmam alta mais acelerada no ano

Tags:
Emplacamentos de automóveis e utilitários crescem 8% em 2017
Com menos dias úteis (20), setembro fechou com queda 7,7% na venda mensal de veículos leves em relação a agosto (23 dias), mas a tendência do mercado segue sendo de alta, pois o volume médio diário de emplacamentos de 9.679 unidades no mês passado foi 6% maior do que os 9.124 do período anterior. A comparação com setembro de 2016 é bem melhor, com significativa expansão de 25% nos licenciamentos. O resultado confirma o crescimento anual do segmento, com 1,57 milhão de emplacamentos de automóveis e utilitários nos nove primeiros meses de 2017, que representam aumento de 7,86% sobre o mesmo período do ano passado. Os números foram divulgados na terça-feira, 3, pela associação dos concessionários, a Fenabrave, com base nos dados do Renavam.

Alarico Assumpção Júnior, presidente da Fenabrave, avalia que o resultado de setembro confirmou a melhora esperada do mercado de veículos, que vem se consolidando nos últimos meses. “Apesar da queda mensal em setembro contra agosto, a média diária dos emplacamentos foi superior. Esse movimento de alta nas vendas diárias é reflexo de fatores positivos como a redução da taxa de juros, dos índices de desemprego e da inadimplência. Juntos, esses fatores atuaram positivamente na intenção de compra do consumidor”, diz.

Assumpção Jr. destaca ainda a expansão do crédito acima de 8%. “No início do ano, de cada 10 pedidos de aprovação de financiamento (para compra de automóveis e comerciais leves), apenas três eram aprovados. Esse índice já subiu agora para 3,4 a cada 10 fichas. É bom, mas mostra que ainda há bastante espaço para crescer”, pondera.

ALTA MAIOR NOS AUTOMÓVEIS

A puxada maior nas vendas continua sendo segmento de veículos de passeio, o maior do mercado. De janeiro a setembro foram emplacados 1,35 milhão de carros, o que significa alta de quase 9% sobre os mesmos meses de 2016. Na comparação mensal, de setembro contra o mesmo mês do ano passado, o crescimento anotado foi de expressivos 28%, com 181 mil emplacamentos de automóveis.

No segmento de utilitários a expansão é bem menor, de apenas 1,6% no ano de janeiro a setembro, com 225,3 mil emplacamentos de picapes, vans e furgões. No mês passado os licenciamentos de comerciais leves somaram 29 mil, em crescimento de 6,6% na comparação com setembro de 2016.

apqpcom